quarta-feira, 19 de julho de 2017

Os humanos se tornaram mortos-vivos à medida que entorpeceram as suas respectivas consciências, vivendo voltados unicamente para o externo com buscas hedonistas, movidos pelo individualismo, narcisismo e pelo egoísmo.



Letargia é a palavra que reflete a atualidade da humanidade. Os humanos se tornaram mortos-vivos à medida que entorpeceram as suas respectivas consciências, vivendo voltados unicamente para o externo com buscas hedonistas, movidos pelo individualismo, narcisismo e pelo egoísmo.
O automatismo faz a humanidade negar a sua característica peculiar que é o seu pensamento, pelo qual capta a mente divina e pela intuição consegue se auto-encontrar, despertar o seu espírito imortal do sono profundo, que o faz viver apenas pelos seus recursos fisiológicos, que é uma parte importante, mas não é tudo.
Vocês encontrarão vários relatos de Paulo apóstolo conclamando que as pessoas das várias comunidades acordaram do sono profundo.
Pedro, a pedra angular negou o Cristo quando dormia, mas quando desperto serviu a Ele até o fim.
O próprio Cristo pediu para que Lázaro acordasse, mas como ele não estava morto, apenas catalíptico (corpo físico), ele já estava desperto e por isso ouviu Jesus e saiu do túmulo.
Vejam que assim como no passado, faz-se necessário o despertamento do Espírito imortal, pois nesta casca, a nossa consciência que é apenas 5% de nosso psiquismo se ampliará abarcando os conteúdos profundos de vossos respectivos inconscientes e a partir de muitos esforços, vontade firme e trabalho no amor, gradativamente todo o conteúdo inconsciente desta vida e de vidas passadas se tornarão conscientes e não mais haverá consciente e inconsciente, mas um super-consciente, uma consciência começa com o Espírito imortal plenificado e zerando a necessidade das rodas reencarnatórias. Qual o caminho para o despertamento? Jesus, eis o Guia e Modelo, por ter sido o único ser plenificado que já passou por este orbe terrestre. É preciso buscar o Eu profundo e para isso é preciso canalizar energias por meio da prece, da meditação, da caridade, desfocar do eu externo (busca egoica).
O caminho se faz caminhando e as descobertas e as evoluções são individuais, por mais que isso vos desobriga da convivência social.
Bom caminho a todos/as.

Ambrósio

-MENSAGEM PSICOGRAFADA NA UE ALLAN KARDEC EM - 15-07-2017




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não se culpem, muito menos se condenem, a evolução é gradual, foi necessário experimentar viver e agora ter o discernimento de separar o joio do trigo, novos tempos se anunciam

Queridos irmãos, antes de tudo, no começo dos tempos, o Pai pensava o amor, criou o amor e materializou esse sentimento em todas as s...