quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

2016 FIM DE UM CICLO. AGORA, DEIXE O NOVO FLUIR





2016 FIM DE UM CICLO. AGORA, DEIXE O NOVO FLUIR 




Foi um ano emoções em todos os lugares da terra. Anseios particulares    e também coletiv0s envolvendo a extensão da terra.
Foram dias intensos que ficaram marcados para toda a eternidade. Fim de um ciclo, início de uma nova era que desponta. Onde as máscaras dos falsos amores caíram, as pessoas verdadeiras percebem-se mais amorosas, aquelas que não conseguiram alcançar energia de amorosidade, sentiram-se deslocadas da terra.
O novo chegou! Então é tempo de abrir o coração para receber os eflúvios amorosos que emanam do universo, e deixar fluir.  Nunca a terra recebeu tanto amor. Se acontece dores é lapidação, para que o amor verdadeiro adentre nos corações enrijecidos.  O segredo é deixar acontecer em  2017, pois nada mais poderá   ocorrer mediante manipulações, e grandes castelos ilusórios de manipulações ainda  irão desabar.

Portal da luz, 27 de dezembro de 2016








quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

LAÇOS

O que nosso Pai espera de nós é que nos amemos uns aos outros de tal forma que acertem os erros uns dos outros, que tenhamos tolerância e compreensão uns com os outros.
Este seria quase um Paraíso, a paciência de todos com todos, a boa vontade, a amizade, o afeto – Todos sentiriam e todos receberiam.
Nada que se pareça com a mesquinha, limitada e ciumenta visão do amor que os encarnados possuam.
No entanto, ao passarmos para este lado muitos dos fatores que expiram estes sentimentos negativos se desfazerem.
Descobrimos um novo mundo repleto de amor – Dias de paz, de trabalho dedicado e de companheirismo.
Esta é a mais próxima ideia de felicidade que temos neste plano intermediário.
Todos nos aceitam, todos se importam, todos nos entendem.
Nosso amado Pai nos presenteia com o plano inicial de amor – um primeiro caminho que tem no amor.
Não precisamos de pares porque somos todos Um – não que não haja pares, mas se formarão naturalmente ao longo de nossas vidas e nossas aprendizagens – Assim é o amor espiritual e isso é só o começo!
Ao Senhor meu Pai nossos agradecimentos por seu amor, que tudo nos concede.
Gabriel

O TEMPO DE DEUS.Qual é a lição que o Senhor quer que eu aprenda?

O TEMPO DE DEUS
 
Falamos e ouvimos muito sobre o tempo de Deus. Muitas vezes é um pequeno consolo para a provação que se demora em nossas vidas.
As dores que não passam, as feridas afetivas que se aumentam ao longo da estrada de nossas vidas. Tentando entender nos perdemos cada vez mais.
Queremos entender a Deus!!! O Porquê da sua demora em atender as nossas orações – Às nossas súplicas.
Nos pomos de joelhos e Deus parece não nos ouvir – imploramos nas horas amargas e Ele parece não se apiedar.
E assim lhe perguntamos: Senhor, porque não me ouve? O que é preciso que eu faça Senhor, no que quer que eu mude, aonde devo alterar meus comportamentos para que esta provação se encerre Senhor?
Qual é a lição que o Senhor quer que eu aprenda?
E ali, na nossa impaciência, na nossa pequena revolta, no ato de questioná-Lo, a nossa lição maior.
Não é fácil aceitar a vontade do Pai – como se esta vontade fosse apenas Dele, como se os fatos nãos fossem resultados de nossas impertinências, de nossas inconsequências –
Atribuímos a Deus nossa necessidade de redenção – Ele, que em Sua Misericórdia, em Seu Amor sempre reduz nossas penas, nossa culpa.
A atenção de Deus, está presente em todas as nossas provações – o frágil equilíbrio entre a nossa paz e a nossa ira, a nossa raiva e o nosso ódio, o nosso amor e a nossa paixão mostram a imaturidade de nossos espíritos.
E Deus, amoroso, paciente nos ajuda sempre a separar o joio do trigo.
Temos o amor de Pai a cobrir nossos pecados – nossos erros – e Seus braços a nos acolher a frágil figura que somos.
Mas sempre conosco, Sua vontade sustenta a nossa, tão vacilante e Seus braços nos levantam a cada recaída –
Ao nosso Pai erguemos nossos olhos e lhe pedimos amor e paciência com nossas falhas, ainda mais!
 
Gabriel

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A movimentação da Espiritualidade diante da tragédia ocorrida.Tudo obedece a uma lei maior.

Silenciar para acalmar, para ouvir aquilo que nós mesmos temos a dizer para nós mesmos, já fizeram esse exercício? É lindo!!!

Somos todos viajores do Universo e nos apegamos às coisas, às pessoas e aos momentos na terra, nos apegamos à rotina natural que o ...