sábado, 20 de fevereiro de 2016

A gratidão é inspiração para os anjos entoarem nos céus os mais belos louvores ao criador.

A gratidão é inspiração para os anjos entoarem nos céus os mais belos louvores ao criador.


Quando a noite chegar e a tristeza assolar o seu coração, certamente você irá procurar a doce figura de Jesus para acalmar os seus ais. Então o Mestre, imediatamente adentra a sua alma e diante da  fragilidade que o acomete, o seu coração abra-se, e Jesus se faz presente. Mas é bom lembrar, que em todos os momentos de nossas vidas ele está presente, buscando maneiras de adentrar os nossos corações, insensíveis para a luz.   A fragilidade e a aflição facilitam a entrada do divino. A dor é porta aberta, pois através dela   buscamos o bálsamo nas orações.

               Por que na maioria das vezes, buscamos divindade em súplicas de dor? A busca nos momentos de alegria e gratidão, torna a comunhão ainda mais sublime.

Que possamos trazer Jesus junto aos nossos corações em todos os momentos, não só nos momentos de dor e angústia, mas principalmente nos momentos de grande felicidade   para agradecer.

A gratidão é inspiração para os anjos entoarem nos céus os mais belos louvores ao criador.
                                                                                       Dourados, 20 de fevereiro de 2016

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

lance as sementes do amor



A maior arma contra o espinheiro do ódio é lançar as sementes o amor.

Assim como os locais pedregosos e áridos, a terra pode ser transformada e adubada , para que flores possam germinar. O mesmo procede com o terreno do coração, podendo ser cultivado as sementes de solidariedade para que floresça o amor.
Revide a incompreensão  recebida com exemplos de solidariedade.
Devolva o azedume,  com um sorriso de alegria
Transforme o descontentamento,  com gesto de gratidão.
A desordem instalada, em dedicação;
Transforme as trevas em luz;
Em cada rispidez, um doce resposta;
A maldade não suporta a bondade
A trevas não tem o poder de resistir a luz.
A maior arma contra o espinheiro do ódio é semear nele, as sementes o amor.

12 de fevereiro de 2016

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

ALERTA!! É Importante cuidar das companhias espirituais inadequadas no carnaval, através do recolhimento íntimo, aproveitar o momento ocioso para reflexão em grupos de estudos edificantes, manter-se em oração, enviando luz para o Brasil.





ALERTA! A NECESSIDADE DE EXTRAVASAR AS ENERGIAS ACUMULADAS NO CARNAVAL, PODE DANIFICAR O CORPO FÍSICO, POIS AS ENERGIAS RETIRADAS DE MANEIRA INADEQUADA, É  ALIMENTO PARA AS TREVAS.


                É necessário alertar   sobre a psicosfera espiritual do Brasil nestes dias em que o reinado de Momo instale-se no coração do mundo. As energias   criadas, invadem os espaços trevosos, que aproveitam da fragilidade dos muitos envolvidos nos excessos.
               Mas, Graças a numerosos grupos religiosos, de nobres pensamentos, que se reúnem com a finalidade de ligar-se com a divindade nestes dias, estas energias são anuladas ou transmutadas em luzes, invadindo os espaços trevosos, diluindo possíveis ciladas das trevas.
                 A necessidade de extravasar as energias acumuladas, pode danificar o corpo físico pois as energias esquivadas de maneira inadequada transformam-se em alimentos das trevas.
               Depois da folia, vem o cansaço, a fadiga e a angústia. Muitos suicídios e loucuras tem início pós-reinado de  momo.  Não é necessário proibir tais práticas, pois os humanos são dotados de livre arbítrio. Mas é dever alertar!  Uma alma madura sabe o que é melhor para a sua evolução e a sua felicidade verdadeira.
Nestes dias, fica o alerta: É Importante   cuidar das companhias espirituais inadequadas, através do recolhimento íntimo, aproveitar o momento ocioso para reflexão em grupos de estudos edificantes, manter-se em oração, enviando luz para o Brasil.
Dourados, 08 de fevereiro de 2016

Silenciar para acalmar, para ouvir aquilo que nós mesmos temos a dizer para nós mesmos, já fizeram esse exercício? É lindo!!!

Somos todos viajores do Universo e nos apegamos às coisas, às pessoas e aos momentos na terra, nos apegamos à rotina natural que o ...